Acerca de mim

A minha foto

First started teaching at the age of 12, football tactics among friends, moving on to coaching volleyball teams, then digging deep into Human nature through Yoga and finally through TM.

Turned into language teaching through TEFL and for the past 22 years have been developing and implementing training systems in the Portuguese real estate industry, blending both together, and helping non-speakers in their plight to learn the professional jargons that make up real estate activities in Portugal.

quarta-feira, março 30, 2011

CNE lança campanha para evitar caos das últimas eleições

A Comissão Nacional de Eleições (CNE) vai lançar uma campanha «preventiva» para apelar aos eleitores para verificarem se a inscrição no recenseamento eleitoral está correcta, mas os spots poderão acabar por só passar um dia na televisão.

acerca de:

"A Comissão Nacional de Eleições (CNE) vai lançar uma campanha «preventiva» para apelar aos eleitores para verificarem se a inscrição no recenseamento eleitoral está correcta, mas os spots poderão acabar por só passar um dia na televisão."
- CNE lança campanha para evitar caos das últimas eleições - Sol (ver no Google Sidewiki)

terça-feira, março 29, 2011

New Law ends the crippling exclusivity tag on mediação and angariação.

Real estate companies will be able to undertake, as long a written into the corporate Mem&Arts, other
activities such as:

Eg.: surveying, banking and financial advising, property management e holiday rentals, etc.

For the angariadores, they will be permitted to have other activities.

acerca de: Daniel Foster da Silva: New Law ends the crippling exclusivity tag on mediação and angariação. (ver no Google Sidewiki)

New Law ends the crippling exclusivity tag on mediação and angariação.

Real estate companies will be able to undertake, as long a written into the corporate Mem&Arts, other
activities such as:

Eg.: surveying, banking and financial advising, property management e holiday rentals, etc.

For the angariadores, they will be permitted to have other activities.

ALARGAMENTO COMPETÊNCIAS DA MEDIAÇÃO E ANGARIAÇÃO

Contempla-se o fim da proibição de exercício de outras actividades comerciais pelas empresas de mediação imobiliária, bem como o fim da proibição de exercício de outras actividades comerciais e profissionais pelos angariadores imobiliários.

Fonte:

Luís Carvalho Lima
Presidente da APEMIP
luislima@apemip.pt

acerca de: Daniel Foster da Silva: Fim da exclusividade das actividades imobiliárias (ver no Google Sidewiki)

Fim da exclusividade das actividades imobiliárias


Nova Lei termina com a exclusividade quanto ao exercício da actividade de mediação e de angariação.
Para as empresas deixará de haver quaisquer limitações ao exercício de outras actividades comerciais,
desde que esteja previsto no objecto social da empresa.

Ex.: avaliação, aconselhamento bancário, gestão de arrendamentos e de condomínios, etc.

Para os angariadores, deixará de se impor o regime de exclusividade, permitindo-se o exercício de outras actividades profissionais e comerciais.

Fonte: http://www.apemip.pt/NL/GabDireccao/DL_aprovado_em_CM_24_03_2011.pdf

segunda-feira, março 28, 2011

Portugal/Brasil: "O FMI não é solução" para Portugal - Lula da Silva

O ex-presidente brasileiro Lula da Silva afirmou hoje que “o FMI [Fundo Monetário Internacional] não resolve o problema de Portugal”, considerando que, “se quiser, a Europa vai encontrar soluções” para os problemas do país.

acerca de: Portugal/Brasil: "O FMI não é solução" para Portugal - Lula da Silva - Notícia Sapo - SAPO Notícias (ver no Google Sidewiki)

sábado, março 26, 2011

Portugal? O Nao!

It’s looking as if Portugal is the next eurodomino. I was hoping not — mainly, of course, for the sake of the Portuguese (I did my first ever policy work there back in 1976, and have always had fond memories), but also selfishly, because it’s by far the blurriest of the troubled peripheral countries.

acerca de:

"It’s looking as if Portugal is the next eurodomino. I was hoping not — mainly, of course, for the sake of the Portuguese (I did my first ever policy work there back in 1976, and have always had fond memories), but also selfishly, because it’s by far the blurriest of the troubled peripheral countries."
- Portugal? O Nao! - NYTimes.com (ver no Google Sidewiki)

Paul Krugman voltou a atacar as políticas de austeridade seguidas para combater a crise.

A queda do Governo português, diz, é um exemplo de que cortar a despesa numa altura de elevada taxa de desemprego tem um efeito perverso.

acerca de:

"Paul Krugman voltou a atacar as políticas de austeridade seguidas para combater a crise. A queda do Governo português, diz, é um exemplo de que cortar a despesa numa altura de elevada taxa de desemprego tem um efeito perverso."
- Krugman: Portugal é exemplo da desilusão da austeridade- Economia - Jornal de negócios online (ver no Google Sidewiki)

quarta-feira, março 23, 2011

Cavaco anuncia demissão de Sócrates

O Presidente da República anunciou na página oficial da Presidência que o primeiro-ministro José Sócrates apresentou a demissão.

acerca de: Cavaco anuncia demissão de Sócrates - Especial Crise Política - SAPO Notícias (ver no Google Sidewiki)

segunda-feira, março 21, 2011

domingo, março 20, 2011

Japan - Crisis

Vehicle headlamps illuminate the disaster area of Yamada town in Iwate prefecture on March 16. The official toll of the dead and missing following a devastating earthquake and tsunami that flattened Japan's northeast coast has topped 11,000, with 3,676 confirmed dead. (STR/AFP/Getty Images)

acerca de: "Japão - Crise continuada" de jose_knoos no SAPO Fotos (ver no Google Sidewiki)

domingo, março 06, 2011

Saiba como 'driblar' a subida dos juros (Habitação)

Como escapar à subida dos juros

1 - Fixar a prestação do crédito à habitação
A primeira solução para contornar a possível subida dos juros é fixar a prestação do crédito à habitação. Assim, em vez de ver os encargos mensais oscilarem em cada três, seis ou doze meses, ao fixar a taxa de juro, saberá que durante um determinado período a prestação será sempre igual.

2 - Adiar parte da dívida para o final
Outra das soluções é o diferimento de capital, em que adia para a última prestação do empréstimo uma parcela do capital em dívida. Durante o contrato, é amortizada só a percentagem não diferida, o que possibilita que a prestação seja mais baixa. A desvantagem é que encarece o total do empréstimo.

3 - Pedir um período de carência de capital
Para aguentar a subida da prestação poderá pedir um período de carência de capital. Nesse período pagará apenas juros relativos ao capital em dívida, ou seja uma prestação mais baixa. Mas findo esse prazo a prestação agravar-se e os custos com os juros globais disparam.

Fonte: Económico
06/03/11 07:42

acerca de:

"Habitação"
- Saiba como 'driblar' a subida dos juros | Económico (ver no Google Sidewiki)