segunda-feira, janeiro 02, 2006

Egi-Learning, um exemplo a seguir

O Egi-Learning da Escola Superior de Tecnologia e Gestão da Guarda, projecto que entre outros envolve a disponibilização complementar, em linha, dos conteúdos das cadeiras dos cursos presenciais, parece-me um excelente exemplo de como, inovando, o e-Learning pode servir de alavanca para combater as desvantagens da interioridade, prestigiando uma instituição e, simultaneamente, facilitando a vida aos alunos e aumentando o seu rendimento.É um exemplo igualmente brilhante de «revolução de mentalidades» e fomento tácito das «e-competências», tanto em quem frequenta os cursos como da totalidade dos docentes que acederam a cooperar e - por conseguinte - tiveram necessidade de se familiarizar com os novos formatos.Luminoso, ainda, no que representa de desbloqueio de certa mentalidade «fechada» e sectarista que entende que o conhecimento e actividades académicas constituem uma forma de «segredo», que não pode ser partilhado «fora de portas»; aliás um dos obstáculos a uma utilização mais intensiva do e-Learning entre muitas universidades nacionais.A página pode normalmente ser visitada no endereço:http://egi-learning.ipg.pt/Que vos parece?


Estão de acordo comigo? Conhecem mais instituições de ensino que tenham adoptado uma estratégia similar?


Cito Hugo Valentim

Sem comentários: